sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Black Friday: sites ajudam consumidor a comparar preços de produtos

Fraude mais comum neste evento são as falsas ofertas, com “maquiagem” de descontos que nunca existiram, conforme ocorreu em edições anteriores Para ajudar o consumidor a encontrar produtos com ofertas reais no Black Friday (Sexta-Feira negra, dia em que as lojas realizam uma série de descontos em produtos depois do feriado americano de Ação de Graças), e não cair na “maquiagem” das mercadorias que tiveram os preços aumentados dias antes do evento para voltar a ter valores normais na data, simulando um desconto, sites de comparação de preços resolveram mapear o “antes” e o “depois” para ajudar os consumidores. Saiba Mais: Black Friday: consumidor pode consultar CNPJ de lojas para evitar golpe Black Friday: Procon-SP amplia lista de sites não recomendados Black Friday terá consumidores espiões para avaliar atendimentos Black Friday exige pesquisa para evitar fraude de promoção enganosa Black Friday "à brasileira" se antecipa e começa na quarta-feira O Black Friday brasileiro promete descontos de até 95% em algumas lojas.
>
Postar um comentário